segunda-feira, 31 de março de 2014

Dia Arciprestal da Juventude

Este Sábado, dia 29, realizou-se mais uma vez o Dia Arciprestal da Juventude. Sob o lema "Cativar-te: Traz um amigo também", os grupos de jovens do Arciprestado de Vagos concentraram-se no largo junto à igreja de Vagos afim de se agruparem para iniciarem a sua caminhada com destino a Sto. António.
(Animação matinal)

Os jovens foram divididos em 6 grupos de Amor para com a Família, Deus, Igreja, Outro, Mundo e Eu (perante a vida e a igreja). Ao longo da caminhada os jovens tiveram diversas dinâmicas em que discutiam o seu Tema, fizeram a sua bandeira e prepararam um pequeno sketch relacionado com o seu tema.
(Um dos grupos - laranja)
 
Após uma longa, animada e produtiva caminhada - não havia cansaço - seguiu-se o bem merecido almoço no pavilhão de Sto. António. Por volta das 2 da tarde, iniciou-se a apresentação dos sketches preparados por cada grupo. Os sketches para além de imaginativos e divertidos, reflectiram bem o tema que cada grupo abordou.
(Apresentação dos sketches)
 
Às 15.30 os grupos rumaram em alegria até à igreja de Sto. António onde à sua espera estavam 3 pessoas que iriam dar o seu testemunho em 3 diferentes áreas. Estiveram a Liliana Ferreira (LMC), que chegou recentemente de Moçambique, e deu o seu testemunho de voluntariado internacional, o Diogo Bandeira, jovem do Arcipreste de Anadia que falou de meios de perseverança, e o Ângelo Valente, membro dos VDR, que falou-nos de voluntariado comunitário. Pode-se dizer que todos estes testemunhos tocaram os jovens pela sua simplicidade, pelo amor sem esperar receber algo em troca.
(Liliana Ferreira)

 
(Diogo Bandeira)
(Ângelo Valente)
 
Findo os testemunhos, partimos de regresso ao pavilhão, onde à nossa espera estavam o Prof. Filipe Tavares e o Prof. Fernando Batista (Sorrisos de Deus). O Prof. Filipe deu-nos uma "liçao" de união e compromisso. Falou-nos da importância da amizade, de uma verdadeira amizade. Fez ver aos jovens que não se dever deitar fora uma velha amizade mas sim cultivá.la e alimentá-la. Fez-nos perceber a importância que podemos ter na vida de cada pessoa e do valor de um simples abraço. O Prof. Fernando falou-nos de dinâmicas de relaxamento, da importância de um sorriso... não só de um sorriso para os outros mas para nós próprios. Para podermos fazer com que os outros se sintam bem e sorriam, temos que primeiro estar bem com nós próprios.
(Prof. Filipe Tavares)
(Prof. Fernando Batista)

Quando se está bem, na companhia de pessoas agradáveis e DELE, o tempo voa, e foi isso que aconteceu à tarde. Quando demos por ela, já eram 19h e tínhamos que jantar e preparar-nos para a Eucaristia das 20.15. O jantar foi partilhado e animado. Alguns jovens contavam peripécias que tiveram nos seus GJs e/ou nas Eucaristias. Podiam falar de outras coisas, mas não, inconscientemente e com alegria falavam das suas vivências como jovens cristãos. Hora da Eucaristia. Uma Eucaristia diferente. Esta contava com a presença do nosso guia espiritual, Pe. Manuel Lopes, e  dos jovens que passaram o dia juntos e em alegria, que reforçaram a sua Fé e que quiseram partilhar com a comunidade de Sto. António esta experiência.
Finda a Eucaristia, hora das despedidas, mas não sei antes da foto de família da praxe e de uns cânticos para animar a malta.
O que é que levamos connosco depois de um dia intenso? Para além do conforto do SEU amor, levamos o sentido do amor e amizade para com quem está à nossa volta, o desejo de partilhar sem pretender receber algo em troca.
Sejam felizes e façam os outros felizes!!

Sem comentários:

Publicar um comentário